?

Log in

sem título

« previous entry | next entry »
Jan. 14th, 2009 | 07:47 pm

Na outra noite estávamos os dois no carro. Nessa semana fiz o pleno ao levar-te a casa todos os dias. Parámos uma vez mais em frente à porta do edifício e ficámos os dois calados dentro do carro. Nessa noite, após teres entrado, cheia de frio, puseste o cinto, esfregaste as mãos e olhaste em frente. Sorriste, estavas feliz, mas não disseste nada até chegarmos. O plano em que paramos é inclinado, e quando te encostas no banco, posso imaginar-te deitada, mais descontraída. Como quando ficas no meu sofá depois de jantar. Ou no teu, em tua casa, onde nunca entrei. Mexes nas minhas mãos, procurando-lhe as palmas e o lado de dentro dos dedos. E depois os nós e as unhas, mexes-lhes enquanto chove muito do lado de fora do carro. Apertas-me os pulsos e deslizas os dedos para os meus antebraços. Gosto tanto da tua integridade e do teu sentido de justiça. Gosto tanto que sejas correcta e que faças sempre o mais merecido. Quase tanto como das tuas orelhas bicudas em cima. Disseste-me apenas que no dia seguinte era natal e que não me irias ver durante uma semana. Uma semana até poderes voltar a estar comigo em minha casa, da qual já tens a chave, e a tomar banho comigo. Enquanto me falavas, começaste a bater-me nas palmas das mãos com as tuas palmas das mãos, e afundaste o teu rosto na gola do casaco. Tens os olhos largos, tão castanhos e grandes. Começa a chover com mais força fora do carro e olhas para os cinco metros que te separam da porta de entrada. Não largas as mãos, ambas as minhas mãos. Ficaste ali até parar de chover, e depois ficaste mais um bocadinho. E depois alguém passou ao lado do carro com um chapéu-de-chuva e fechou-o à entrada do prédio. Gosto tanto de ti, e da tua necessidade de te questionares e ao teu dia quando estou em silêncio a ouvir-te. Enfiaste os dedos no trinco e abriste a porta ao frio ventoso e à chuva e saíste.

Link | Leave a comment | Share

Comments {14}

Yasodhara

(no subject)

from: yasodhara
date: Jan. 14th, 2009 08:36 pm (UTC)
Link

O facto de escreveres estes posts, hoje em dia, nesta época decadente e caótica, e a impressão que deixam em mim quando os leio, são provavelmente as razões pelas quais ainda tenho uma conta no livejournal.

E relaciono-me sempre com qualquer coisa que destacaste. Nem que seja apenas algumas palavras que me fazem sentido. E ao contrário de assustador, acho até natural, embora fantástico. Quase como se nos banhássemos todos no mesmo rio, e sentimos todos uma parte dessas águas.

Reply | Thread

jack

(no subject)

from: nomorefilms
date: Jan. 15th, 2009 11:55 am (UTC)
Link

precisava de ler isso.
:)

Reply | Parent | Thread

Yasodhara

(no subject)

from: yasodhara
date: Jan. 15th, 2009 04:46 pm (UTC)
Link

ora.. quantas vezes precisei de ler umas linhas tuas, sem o saber.

Reply | Parent | Thread

Sara

(no subject)

from: simulator
date: Jan. 14th, 2009 11:34 pm (UTC)
Link

gosto disto e do que isto evoca em mim.

Reply | Thread

jack

(no subject)

from: nomorefilms
date: Jan. 15th, 2009 11:50 am (UTC)
Link

e ainda bem que mo dizes.

Reply | Parent | Thread

Sara

(no subject)

from: simulator
date: Jan. 15th, 2009 07:46 pm (UTC)
Link

tinhas um blog,nao era? tinha o link algures e não o encontro :/

Reply | Parent | Thread

jack

(no subject)

from: nomorefilms
date: Jan. 15th, 2009 07:55 pm (UTC)
Link

imperiofosco.blogspot.com
mas acabo sempre por voltar para aqui.

Reply | Parent | Thread

Sara

(no subject)

from: simulator
date: Jan. 15th, 2009 10:50 pm (UTC)
Link

home is where the heart is*

Reply | Parent | Thread

(no subject)

from: anice
date: Jan. 15th, 2009 10:55 am (UTC)
Link

:)

é tão tranquilo, até a própria escrita.

Reply | Thread

jack

(no subject)

from: nomorefilms
date: Jan. 15th, 2009 11:52 am (UTC)
Link

:)
sinto falta da tua escrita. sempre foi da melhor que já li.

Reply | Parent | Thread

vaso vazio

(no subject)

from: apontamento
date: Jan. 15th, 2009 02:41 pm (UTC)
Link

nunca dá para explicar o que é, quando és tu quem escreve. sorrio-te só, pronto. :)

Reply | Thread

andré

(no subject)

from: turbulenz
date: Jan. 16th, 2009 01:56 pm (UTC)
Link

...

Reply | Thread

jack

(no subject)

from: nomorefilms
date: Jan. 16th, 2009 02:09 pm (UTC)
Link

?

Reply | Parent | Thread

andré

(no subject)

from: turbulenz
date: Jan. 16th, 2009 02:11 pm (UTC)
Link

além de estar belíssimo, não sabes o quanto me faz sentido e dói, agora. só isso.

Reply | Parent | Thread